O Município

Dados do município.

Dados do município/localização

Fundação: 25/01/1958
Emancipação Política: 25 de Janeiro
Gentílico: Paramotiense
Unidade Federatíva: CE
Mesoregião: Norte Cearense
Microregião: Canindé
Distância para a capital: 104 KM

Dados de características geográficas

Área: 482.592,00
População estimada: 11564
Densidade: 2.343,00
Altitude: 83
Clima: Tropical Quente Semiárido
Fuso Horário: UTC-3
Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santana, pelo ato estadual, de 16-08-1918,subordinado ao município de Canindé.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Santana, figura no município de Canindé.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, o distrito de Santana, passou a denominar-se Saldanha.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Saldanha figura no município de Canindé.
Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943, o distrito já denominado Saldanha passou a denominar-se Paramoti.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito já denominado Paramoti figura no município de Canindé.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de Paramoti, pela lei nº 3962,de 10-12-1957, desmembrado de Canindé. Sede no antigo distrito de Paramoti. Constituído
do distrito sede. Instalado em 25-01-1958.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas distritais
Santana para Saldanha alterado, pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938.
Saldanha para Paramoti alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1114, de 30-12-1943

Historico

O Distrito de Paramoti foi criado pelo Dec.-Lei nº 448, de 20 de dezembro de 1938, pertencente ao Município de Canindé. A Lei nº 3.962; de 10 de dezembro de 1967, elevou-o a categoria de. Município, que foi instalada em 25 de janeiro do ano seguínte, sendo seu primeiro Prefeito Francisco Araci Santos. Forma com os Municípios de Sta. Quitéria. Hidrolândia, General Sampaio, Caridade e Canindé o chamado Sertão de Canindé. É servida em grande parte, nos limites com o Muncípio de General Sampaio, pelas águas do grande açude público deste nome. Religiosamente, liga-se à Paróquia de Canindé. O padroeiro da capela é Sta. Ana. Anteriormente, chamou-se Santana e depois Saldanha em homenagem ao notável abolicionista cearense e projetado político é comerciante em Fortaleza, o canindeense Antônio da Cruz Saldanha. Isto, por força do citado Dec. Lei n. 448 de 20 de dezembro de 1938. A lei n. 1153, de 22 de novembro de 1951, adotou o topônimo atual, para significar rio que Se estreita. Havia sido lembrado o nome Tamboatá, ou seja, na linguagem tupi, "o que anda no mato". É nome dum peixe d'água doce, da família Calictideos. A cidade fica à margem esquerda do rio Canindé.Gentilico Paramotiense
Além da cultura de Paz e Hospitalidade, temos nossas particularidades que é desde o bordado as danças folcloricas tradicionais como: Reizado, Forró Pé de Serra, Quadrilhas Juninas, Capoeira e outras que vem somando com a nossa cultura como o Hip Hop.
Municípios limítrofes: Norte: General Sampaio e Apuiarés; Sul: Canindé; Leste: Caridade, Pentecoste; Oeste: Canindé
A hospitalidade e a forma pacífica de convivência são características marcantes do seu povo, o que proporcionou a Paramoti o título de Cidade da Paz.

Logotipo Administração - Um novo Tempo, Uma nova História - 2021-2024


Hino do Município

Paramoti, retratas beleza
Por ser tão rico em tua natureza
Às margens de um rio tu nasceste
E como água e pureza tu cresceste,
Inundando essas terras férteis,
Com esse povo de paz, fé e beleza
Humildade e trabalho se tornaram,
Paramoti a tua grandeza.

(Refrão)
Nós te amamos com grande afeição!
Esse exemplo de amor se refaz,
E faz vibrar em nossos corações,
Teu lindo título de Cidade da Paz.

Tu trouxeste desde o início a união,
Como uma arma para tua luta,
E Gonçalo Soares te ergueu,
O maior símbolo da fé que te sustenta
Hoje não és a vila de Sant'Ana.
Aquela que Gonçalo proclamou
Mas pela fé, tu foste renovada
E abençoada és por nosso senhor.


Tuas igrejas, tuas praças são os leitos
Que acolhem os visitantes que a ti vem
Frei Diogo que te abençoou
Está feliz pelo progresso que tu tens
És terra de um povo que ama.
E por esse mesmo povo é amada
Leve a todos os teus raios brilhantes
Que por Santa Ana serás sempre abençoada.

Brasão do Municípal

Brasão Oficial do Município de Paramoti

Bandeira Municípal

Bandeira Oficial do Município de Paramoti

Qual o seu nível de satisfação com essa página?


Muito insatisfeito

Um pouco insatisfeito

Neutro

Um pouco satisfeito

Muito satisfeito